No vídeo dessa semana entrevistamos o procurador da Bahia, Roberto Figueiredo, que trata da possibilidade de autocomposição nos contratos públicos e as recentes alterações da LINDB.